Revista de Odontologia da UNESP
https://www.revodontolunesp.com.br/article/5880177e7f8c9d0a098b4763
Revista de Odontologia da UNESP
Original Article

Avaliação In Vitro da Capacidade Seladora na Região Cervical de dentes Obturados com Sealapex e Fill Canal. Influência do Tempo de Armazenagem e da Remoção Parcial da Obturação

In vitro evaluation of the sealing ability in cervical remon of teeth filled with Sealapex and Fill Canal. The influence of the storage time and partial removal of the filling

Bonetti Filho, I.; Tanomaru Filho, M.; Leonardo, R.T.

Downloads: 0
Views: 903

Resumo

Este trabalho avaliou a capacidade seladora in vitro na região cervical em sessenta pré-molares inferiores humanos, por meio da infiltração do corante azul de metileno a 2%. Os canais radiculares foram instrumentados e obturados com os cimentos Fill Canal e Sealapex. Em seguida, foram divididos em três grupos de vinte. No Grupo I, os dentes foram colocados no corante imediatamente após a obturação; no Grupo II, após a armazenagem em água por 30 dias; e no Grupo III, após a armazenagem em água por 30 dias, seguida da remoção da obturação da região cervical. De acordo com a análise estatística e a metodologa aplicada neste trabalho, podemos concluir que: 1. o cimento Fill Canal, independentemente do período imediato ou de 30 dias sem remoção para o núcleo, permitiu estatisticamente uma infiltração média maior do que o Sealapex (6,29 mm e 2,73 mm, respectivamente); 2. estatisticamente, para ambos os cimentos no período de 30 dias sem remoção para o núcleo ocorreu uma infiltração média maior (5,48 mm); 3. no período de 30 dias com remoção para o núcleo, estatisticamente o Fill Canal apresentou uma infiltração média maior do que o Sealapex (4,77 mm e 0,69 mm, respectivamente).

Palavras-chave

Tratamento do canal radicular, materiais restauradores do canal radicular, infiltração marginal

Abstract

It was evaluated in vitro the sealing ability in cervical third of sixty extracted human lower pre molars according to methilene blue 2% microleakage. Thirty teeth were cleaned, shaped and filled with Fill Canal, the other thirty teeth were filled with Sealapex. After that, they were divided in three groups of twenty teeth. In Group I, teeth were placed in stain, immediately after filling. In Group II, after storage in water for thirty days, and in Group III, storage in water for thirty days and removed cervical region of filling material. Accordmg to statistical analysis and used methodology, it tas concluded that: 1. Fill Canal ciment, no matter, immediate period, or 30 days without remotion for core, allowed greater media leakage than Sealapex (6.29 mm and 2.73 respectively); 2. for both ciment (30 days and without remotion for core) the media leakage was greater (5.48 mm); 3. for 30 days penod, and remotion for core, statistically Fill Canal presented meda leakage greater than Sealapex (4.77 mm and 0.69 mm respectively).

Keywords

Root canal therapy, root canal filling materials, dental leakage
5880177e7f8c9d0a098b4763 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections