Revista de Odontologia da UNESP
https://www.revodontolunesp.com.br/article/5880177e7f8c9d0a098b4768
Revista de Odontologia da UNESP
Original Article

Prevalência de Cárie e Fluorose dental em Pré-escolares de Araraquara, SP, 1995

Prevalence of caries and dental fluorosis in preschool children in Araraquara, SP, 1995

Dini, E.L.; Foschini, A.L.R.; Frais, R.L.M.S.

Downloads: 0
Views: 857

Resumo

O propósito deste estudo foi verificar a prevalência de cárie em dentição decídua e fluorose dental em dentição permanente de pré-escolares de Araraquara, SP. Amostragem sistemática foi utilizada para o sorteio de pré-escolares com idades entre 3 e 6 anos, matriculados nos 25 Centros de Educação e Recreação de Araraquara, SP, em 1995. Os exames clínicos foram realizados por uma examinadora, previamente treinada, usando o índice ceod para cárie e o índice de Dean para fluorose dental. Os resultados mostraram índices ceod de 0,8; 1,3; 2,4 e 2,6 aos 3, 4, 5 e 6 anos, respectivamente. Nas idades de 5-6 anos, 43,1% dos pré-escolares eram livres de cárie. Os resultados também mostraram que 90,5% dos préescolares de 5-6 anos de idade não apresentaram fluorose dental, 8,4% tinham o grau muito leve e 1,1% grau leve. Com o objetivo de alcançar a meta preconizada pela OMS/FDI para o ano 2000, de pelo menos 50% das crianças livres de cárie nas idades de 5-6 anos, prioridade deve ser dada aos métodos de prevenção primária de cárie dental. Utilizando-se o índice de Dean para diagnóstico, a prevalência de fluorose dental observada não é problema de saúde pública nesta população, até o presente momento

Palavras-chave

Odontologia em saúde coletiva, cárie dental, fluorose dental, epidemiologia

Abstract

The purpose of this study was to assess the prevalence of caries in deciduous teeth and dental fluorosis in permanent teeth of preschool children in Araraquara, SP, Brazil. Systematic random sample was drawn from 3-6 year-old preschool children enrolled in the 25 Municipal Kindergarten in Araraquara, SP, Brazil, in 1995. The examinations were carried out by one examiner previously trained using the dmft index for caries and the Dean's index for fluorosis. The results showed mean dmft of 0.8; 1.3; 2.4 and 2.6 at 3, 4, 5, and 6 years-old, respectively. At ages 5-6, 43.1 per cent of the preschool children were canes free. The results also showed that 90.5 per cent of the 5-6 year-old children were free of dental fluorosis, 8.4 per cent had very mild and 1.1 per cent had mild fluorosis. In order to achieve the WHO/FDI goal for the year 2000 of at least 50 per cent canes free at ages 5-6, efforts should be concentrated in prirnary prevention procedures. Using Dean's index for diagnosis, dental fluorosis is not a public health problem in this population at present time.

Keywords

Community dentistry, dental caries, dental fluorosis, epidemiology
5880177e7f8c9d0a098b4768 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections