Revista de Odontologia da UNESP
https://www.revodontolunesp.com.br/article/5dee3c460e8825df2db5f733
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Influência do ionômero de vidro com o sistema de cimentação de pino de fibra em dentes tratados endodonticamente

Arthur Merli de FIGUEIREDO, Camila Cruz LORENZETTI, Janaina BORTOLATTO, Anna Thereza Peroba Rezende RAMOS, André Luis SHINOHARA, Jose Roberto Cury SAAD, Milton Carlos KUGA

Downloads: 2
Views: 281

Resumo

O objetivo do estudo foi avaliar a influência do ionômero de vidro (GCGoldLabel 1, GIC) com o sistema de cimentação de pino de fibra em comparação ao cimento resinoso auto-adesivo (RelyxU200,URC) e com o sistema de cimentação com cimento resinoso convencional (ScothbondMuli-Purpose e RelyxARC, ARC). Para a análise da resistência de união, 30 caninos humanos foram tratados endodonticamente e após o preparo intrarradicular, os dentes foram aleatoriamente distribuídos em três grupos (n=10), de acordo com os sistemas de cimentação: (ARC), RelyxXARC e Scothbond Multi-Purpose; (URC), RelyxU200 e (GIC) GC Gold Label. Antes da cimentação do pino de fibra, a Rhodamina foi incorparada ao sistema de cimentação. Após 6 meses de imersão em saliva artificial, foram confeccionados espécimes dos terços cervical, médio e apical radicular e submetidos ao teste de push-out e microscopia confocal a laser. O padrão de fratura foi avaliado por meio de microscopia a laser de superficie. Em relação a resistência de união, GIC e URC demonstraram similares resultados, independentemente do terço radicular (p>.05), porém maiores que os demosntrados pelo ARC (p.05), porém menores que o ARC (p.<05). O sistema de cimentação com o cimento de ionômero de vidro (GC Gold Label1) possui similar resistência de união ao do cimento resinoso auto-adesivo (RelyxU200) e em maior magnitude que o do resinoso convencional (RelyxARC), mas com menor penetrabilidade dentinária.

Palavras-chave

Dentin; Endodontics; Image analysis
5dee3c460e8825df2db5f733 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections