Revista de Odontologia da UNESP
https://www.revodontolunesp.com.br/article/5dee41420e8825fe39b5f736
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Avaliação da bioatividade de scaffolds com diferentes micro- e macro-arquiteturas de superfície sobre células da polpa dental humana

Fernanda Balestrero CASSIANO, Ester Alves Ferreira BORDINI, Diana Gabriela SOARES, Josimeri HEBLING, Carlos Alberto de SOUZA-COSTA

Downloads: 0
Views: 130

Abstract

Introdução: O emprego de scaffolds bioativos exerce papel fundamental no processo de regeneração tecidual, pois irá influenciar diretamente na viabilidade, migração, adesão, proliferação e diferenciação celular. Objetivo: Desenvolver scaffolds de quitosana com diferentes arquiteturas e topografias de superfície e avaliar a bioatividade sobre células da polpa dental humana (DPCs). Material e Métodos: Scaffolds de quitosana (SQ), scaffolds de quitosana contendo cálcio (SQ+Ca), scaffolds de quitosana contendo sódio e fosfato (SQ+SF) e scaffolds de quitosana contendo cálcio, sódio e fosfato (SQ+Ca+SF) foram obtidos e sobre eles foram semeadas 1x105DPCs/scaffold. Análises de microscopia eletrônica de varredura (MEV), diâmetro médio dos poros (ImageJ), viabilidade (Live/dead), adesão/espalhamento (F-actina), proliferação celular (Alamar Blue), atividade de ALP (Ensaio ponto final) e deposição de nódulos de mineralização (Alizarin Red) foram realizadas nos construtos até o período de 21 dias. Resultados: A incorporação dos íons à solução de quitosana permitiu a obtenção de scaffolds porosos com topografia de superfície lisa (SQ, SQ+Ca), nanoglobular (SQ+SF) e microespicular (SQ+Ca+SF). O grupo SQ+Ca+SF influenciou negativamente a viabilidade, proliferação, adesão/espalhamento, expressão de ALP e deposição de nódulos de mineralização pelas DPCs, enquanto os grupos SQ+Ca e SQ+Ca+SF influenciaram positivamente. Conclusão: Os scaffolds com diferentes arquiteturas e topografias de superfície apresentaram excelente biocompatibilidade e bioatividade sobre as DPCs, sendo potenciais para aplicação no processo de regeneração tecidual.

Keywords

Regeneração tecidual guiada; Diferenciação celular; Scaffolds
5dee41420e8825fe39b5f736 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections