Revista de Odontologia da UNESP
https://www.revodontolunesp.com.br/article/61d72805a9539567f35cd463
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Hipomineralização de segundos molares decíduos tratados por meio da réplica oclusal modificada, relato de caso

Natália Maia FRANCISCO, Nayara Nila de Oliveira RODRIGUES, Myleni Tawane Balaba SAUGO, Marcelly Tupan CHRISTOFOLLI, Andressa Mioto STABILE, Gabriela Cristina SANTIN, Maria Gisette Arias PROVENZANO

Downloads: 0
Views: 35

Abstract

Introdução: A Hipomineralização é um defeito qualitativo, complexo, dinâmico e de origem multifatorial com possível componente genético que tem origem sistêmica. Suas principais características clínicas são: zonas de alteração de cor, assimetria na oclusal da coroa, esmalte macio e poroso, opacidade demarcada, fratura pós- irruptiva, superfície rugosa que favorece o acúmulo de placa bacteriana e a hipersensibilidade dental, tais características aumentam a complexidade operatória, pois é necessário haver uma maior seletividade na escolha do material e técnica restauradora. Objetivos: Relatar um caso clinico de hipomineralização em segundo molar decíduo e sua escolha de tratamento. Conduta Clínica: Paciente 7 anos, compareceu na Clínica Odontológica da Universidade Estadual de Maringá. No exame clínico observou-se coroa de aço no 55 e hipomineralização nos demais segundos molares decíduos com fraturas pós irruptivas nos dentes 75 e 85, como também áreas de hipomineralização nos elementos 11, 63, 73 e 83. O paciente também apresentava lesão cariosa cavitada no dente 74 e 85. Planejou-se o restabelecimento da forma e função dos dentes 75 e 85 pela técnica da réplica oclusal modificada por cimento de ionômero de vidro, conhecida também como RINA. Então, foi confeccionado um modelo de estudo para enceramento dos dentes 85, 75 e 74. Após feito o enceramento, foi realizada uma moldagem com silicona de adição para a futura restauração. Foram necessárias duas sessões clínicas para finalização das técnicas. Feita a profilaxia, o isolamento relativo e a remoção seletiva do tecido cariado, foi inserido CIV na guia de silicona e levado em boca. Após 5 minutos retirou-se a guia, os excessos foram removidos, realizado o ajuste oclusal e a proteção do ionômero com adesivo. Resultados: A sensibilidade dentaria foi solucionada, como também o restabelecimento da função. Conclusão: O uso da réplica oclusal mostrou-se uma ótima opção para o tratamento da hipomineralização em dentes posteriores.

Keywords

Odontopediatria; hipomineralização dentária; lesões cariosas.
61d72805a9539567f35cd463 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections