Revista de Odontologia da UNESP
https://www.revodontolunesp.com.br/article/61d72914a95395684876bfa3
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Projeto de extensão “contar histórias para melhor sorrir e viver”: humanização nas salas de espera

Caroline DOUSSEAU, Flávia da Silva PEREIRA, Adriana Cristina ZAVANELLI, Renato Salviato FAJARDO

Downloads: 0
Views: 16

Abstract

Introdução: Contar histórias é uma atividade humana milenar, primordial para comunicar, perpetuar vivências, ideias e fantasias, dando vazão ao imaginário individual e coletivo. Objetivo: O objetivo principal do Projeto é fazer com que os pacientes que aguardam atendimentos na área da saúde e seus acompanhantes sintam-se acolhidos e apresentem melhora em seu bem-estar biopsicossocial em meio à eventual tensão no processo que estão inseridos por meio da contação de histórias. Enquanto, aos voluntários, que tenham uma experiência multidisciplinar e humanística. Material e método: O Projeto, criado há oito anos, é viabilizado por meio de parcerias formais com Instituições que atendam esta demanda. Devido à pandemia de Covid-19, foi adaptado para continuidade virtual. Realizou-se a seleção dos voluntários e uma equipe de formação de contadores de histórias os capacitou remotamente, instruindo-os sobre a seleção de histórias, gravação e edição dos vídeos produzidos, conforme as particularidades dos grupos assistidos e faixa etária. A orientação foi para valorizar histórias com fins literários, lúdicos, instrucionais e/ou pedagógicos para promoção da saúde. Os voluntários e discentes do curso de Odontologia também realizaram gravações lúdicas de higiene oral e correlatos. Após triadas e editadas pela coordenação com as informações autorais necessárias, foram disponibilizadas às Instituições proponentes. Resultado: Foram gravadas cerca de cem histórias. A adaptação para formato online permitiu a adesão de voluntários de diversas regiões do País, capacitação com a equipe de Contadores, maior produção e alcance do material. Percebe-se que o modo presencial rompe melhor o estado de isolamento, ativando laços sociais e de comunicação, motivo este para sua continuidade também na modalidade presencial. Conclusão: Apresenta-se o caso, demonstrando a adaptação de um projeto de longa duração frente aos desafios impostos pelo isolamento social na pandemia, observando-se benefícios e limitações na adequação proposta.

Keywords

Sala de espera; narração; humanização da assistência.
61d72914a95395684876bfa3 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections